sexta-feira, 24 de outubro de 2014

HOSPITAL DE FAFE REGRESSA À MISERICÓRDIA, SUA PROPRIETÁRIA

Como ponto 2 da Reunião com a ARS N de 23/10/14 constava o regresso do Hospital de Fafe à matriz, ou seja; a Santa Casa da Misericórdia.
Como sabemos que esta medida não é para montar lá nenhum aviário ou coisa parecida, como um mini-mercado de "lowcost", cedemos o nosso parecer positivo por duas razões:

1 - Garantida que está a segurança contratual dos Enfermeiros que ali estão colocados, pela ARSN, nomeadamente a de continuarem ao serviço da Misericórdia, não vemos inconveniente na restituição justa, aliás. Repetir as cenas do mata-frades e transformar estas santas-casas em garagens e cavalariças, ou aquartelamentos já não é possível porque essas entidades  fazem parte do património do Estado do Vaticano, resultado das acções bestiais do mata-frades e de outros republicanos laicos e ateus.

2 - Mas não é a perspectiva histórica, que está em causa; com a reanimação da zona industrial do Ave e a desproletarização da Medicina, que as circunstâncias aconselham, mesmo aos invisuais administradores da coisa pública, esta unidade vai ser repescada pelos Médicos que não querem ser proletários, mesmo com acumulações toleradas, pela cegueira administrativa.

A reunião terminou com nota positiva, da nossa parte, pelas 12h45.

Com amizade,
José Azevedo

Sem comentários:

Publicar um comentário